Pesquisa avançada
Início - Ecolojovem - Comunicados
 
 
 
Comunicados
Partilhar

|

Imprimir página
17/05/2019
Ecolojovem – Os Verdes celebra o Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia
Foi no dia 17 de maio de 1990 que a Organização Mundial de Saúde decidiu que a homossexualidade não é uma doença psiquiátrica. Assim, todos os anos, no dia 17 de maio, é celebrado o Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia, que visa chamar a atenção para a violência e discriminação que as pessoas LGBTI (pessoas lésbicas, gays, bissexuais, transgénero e intersexo) ainda sofrem em todo o mundo.

 

Portugal é um país tolerante e progressista, que reconhece que todos são iguais, independentemente de orientação sexual ou identidade de género. Os Verdes sempre estiveram do lado da mais básica igualdade de direitos, tendo sido a primeira força política a apresentar na Assembleia da República um projeto pela regulamentação do casamento entre pessoas do mesmo sexo e tendo votado favoravelmente, e apresentado projetos, por questões tão importantes como a co-adoção e a adoção por parte de casais do mesmo sexo, a autodeterminação de género ou o acesso por casais do mesmo sexo à procriação medicamente assistida.

 

O PEV foi o primeiro partido político que, na revisão constitucional de 1989, incluiu a não discriminação com base na orientação sexual na lei fundamental do país, a Constituição da República Portuguesa. 

 

No entanto, e mesmo passados quase trinta anos da desconsideração da homossexualidade como uma doença, os direitos das pessoas LGBTI continuam a ser colocados em causa em Portugal, na Europa e por todo o mundo. Os movimentos da extrema direita populista atacam os direitos conquistados em todo o lado. Procuram tecer a perigosa fantasia de que a luta pela igualdade não vale a pena, e que há que reverter os direitos já consagrados. Só aqueles que querem oprimir e conformar as liberdades dos cidadãos são capazes de usar estas ameaças como motes, que já surgem até no seio dos partidos ditos tradicionais.

 

A Ecolojovem – Os Verdes recusa veementemente qualquer intenção de recuar nas parcas conquistas da democracia no que diz respeito à igualdade das pessoas LGBTI, e estará sempre contra aqueles que querem menorizar e oprimir quaisquer portugueses.

 

Os jovens ecologistas deixam uma saudação especial às organizações, associações e movimentos da sociedade civil que defendem e apoiam a luta diária dos jovens LGBTI. E une-se às centenas de jovens que todos os dias lutam por mais e melhores direitos.

 

De facto, assumir uma orientação sexual ou uma identidade de género diferente da heteronormativa continua a ser assustador e alarmante, sob pena de discriminação psicológica e física no seio familiar, nas escolas e nos locais de trabalho. É urgente que a sociedade civil, os meios de comunicação social e o público em geral continuem a tomar consciência dos perigos que as pessoas e os jovens LGBTI enfrentam, e que lutem pela plena igualdade de direitos e liberdades para todos os portugueses.

 

Viva o Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia!

Voltar