Pesquisa avançada
Início - Comunicados - Comunicados 2016
 
 
Comunicados 2016
Partilhar

|

Imprimir página
09/08/2016
Incêndios na Madeira - Um drama previsível
Perante a gravidade dos incêndios, que mais uma vez estão a assolar a Madeira, nomeadamente no Funchal e Ponta do Sol, “Os Verdes” querem expressar publicamente a sua solidariedade com as populações afetadas e saudar a coragem de todos quantos combatem estes incêndios, em detrimento dos perigos para as suas vidas, os Bombeiros e ainda os populares, que face à debilidade dos meios de intervenção, se organizam para fazerem face a este flagelo.

Este é sem dúvida um momento assustador e dramático para todos aqueles que se veem cercados pelas chamas e que veem os seus bens, conquistados ao longo de uma vida de trabalho, destruídos em poucos minutos. Este é também um momento de destruição de um património natural de grande valor, nomeadamente com o alastrar do incêndio ao Parque Ecológico do Funchal, agravando ainda mais as perdas dramáticas aquando dos incêndios ocorridos em 2010 e agravando também os riscos de derrocadas sobre o Funchal com a desflorestação dos leitos das ribeiras.

Os Verdes comprometem-se a tudo fazer na Assembleia da República, nomeadamente em sede de Orçamento de Estado, e a interceder junto do Governo, para que sejam ponderados meios específicos para apoiar as populações afetadas, para contribuir na recuperação do património natural consumido pelas chamas e para que sejam avaliadas, com a maior urgência, as necessidades de reforço os meios de prevenção e combate aos incêndios na Ilha da Madeira, onde cerca de metade da área é ocupada por floresta.

O PEV considera ainda que, estes incêndios devem levar as Entidades responsáveis, nomeadamente o Governo Regional, a refletir e a tomar medidas para debelar as fragilidades da Proteção Civil, tanto a nível dos meios de prevenção como a nível da adequação dos dispositivos de combate ao território e às especificidades territoriais e climatéricas da Madeira.

Tal como foi afirmado pela dirigente nacional de Os Verdes, Manuela Cunha, num debate promovido pela CDU Madeira, no Funchal, há cerca de duas semanas, os meios de prevenção dos incêndios são escassos ou inexistentes na Ilha, nomeadamente a nível de vigilância, assim como os meios de intervenção ligeiros e rápidos. Por outro lado, o estado de degradação e abandono das matas e das áreas ardidas em 2010 e 2012, criaram nas zonas altas da Ilha um estado propício para a propagação de incêndios.

O PEV não pode deixar de condenar a presença de entidades responsáveis em práticas inadequadas em períodos como este, nomeadamente em arraiais onde se recorre à realização de lume, tal como aconteceu no Arraial do sítio da Alegria, na Freguesia de S. Roque.

O Coletivo de “Os Verdes” da Região Autónoma da Madeira
O Partido Ecologista Os Verdes

Gabinete de Imprensa de “Os Verdes”
T: 213919 642 - F: 213 917 424 – TM: 910 836 123 imprensa.verdes@osverdes.pt www.osverdes.pt
9 de agosto de 2016
Voltar