Pesquisa avançada
Início - Comunicados - Comunicados 2017
 
 
Comunicados 2017
Partilhar

|

Imprimir página
14/01/2017
Manteigas - Guarda - Verdes questionam Governo sobre avaria prolongada de semáforos na EN232, no Sameiro
O Deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar Os Verdes, entregou na Assembleia da República uma pergunta em que questiona o Governo, através do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, sobre a avaria, desde agosto de 2016, de quatro semáforos localizados na EN232 na Freguesia de Sameiro, município de Manteigas, já comunicada à Infraestruturas de Portugal sem que esta entidade tenha correspondido no imediato à resolução do problema.

Pergunta:

No passado mês de novembro, o Partido Ecologista Os Verdes teve conhecimento através da Junta de Freguesia de Sameiro, município de Manteigas que, desde agosto de 2016, quatro semáforos localizados nesta freguesia estão avariados.

Segundo a Junta de Freguesia, em agosto, foi comunicada tal ocorrência à Infraestruturas de Portugal, sem que esta entidade tenha correspondido no imediato à resolução do problema.

Tendo em consideração que a EN232 é uma das principais vias que atravessa a Serra da Estrela e que por esta via passam inúmeras viaturas ligeiras e pesadas, a avaria dos semáforos tem colocado diariamente em risco a segurança dos idosos, das crianças e da restante comunidade.

A Junta de Freguesia reclama ainda da Infraestruturas de Portugal responsável pela EN 232, via que liga Mangualde (Viseu) a Belmonte (Castelo Branco), a colocação de três lombas, permitindo o controlo do trânsito, principalmente de veículos pesados.

Assim, ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, solicito a S. Exª O Presidente da Assembleia da República que remeta ao Governo a seguinte pergunta, para que o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas possa prestar os seguintes esclarecimentos:

1- A avaria em quatro semáforos que motivou a indignação da Junta de Freguesia do Sameiro (Manteigas) já se encontra resolvida? Em caso negativo, quando se prevê a resolução deste problema?

2- Por que motivo a Infraestruturas de Portugal esteve mais de três meses para resolver um pequeno problema que comprometia diariamente a segurança da comunidade do Sameiro?

3- Está prevista alguma intervenção na EN 232, na área que atravessa a freguesia do Sameiro de forma a limitar a velocidade/"controlar" a circulação de veículos, nomeadamente pesados, conforme pretende a Junta de Freguesia?
Voltar