Pesquisa avançada
Início - Comunicados - Comunicados 2017
 
 
Comunicados 2017
Partilhar

|

Imprimir página
11/06/2018
Os Verdes exigem esclarecimentos sobre a reutilização de águas residuais tratadas
O Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes entregou, na Assembleia Municipal, um requerimento em que questiona a CML sobre a reutilização de águas residuais tratadas.

REQUERIMENTO:

A Câmara Municipal de Lisboa tem vindo a assumir como objectivo o aproveitamento de águas residuais tratadas (recicladas) para a lavagem de ruas e outros usos não potáveis.

Como se sabe, estas águas, não podendo ser utilizadas para consumo humano, obedecendo a certas normas, como o tratamento terciário e a desinfecção, podem ser reaproveitadas para lavagens, para rega, para utilizações recreativas e ambientais, sistemas de refrigeração e para outros fins, representando, assim, uma poupança deste recurso.

O Plano de Acção para a Energia Sustentável e Clima (PAESC) foi aprovado em reunião de Assembleia Municipal no dia 5 de Junho, através da Proposta nº 332/CM/2018 e, relativamente ao plano de água reciclada, conforme consta neste Plano, a autarquia propõe-se a operacionalizar a rede para a reutilização desta água para rega e lavagem de ruas, de forma a alcançar 25% da rega de espaços verdes até 2030.

Assim, ao abrigo da al. g) do artº. 15º do Regimento da Assembleia Municipal de Lisboa, vimos por este meio requerer a V. Exª se digne diligenciar no sentido de nos ser facultada a seguinte informação:

1. Qual o volume de água reciclada na cidade de Lisboa nos últimos três anos?
2. Qual a taxa de reutilização de águas residuais tratadas, nos últimos três anos? E para que fins é reutilizada?
3. Actualmente, a distribuição de água reciclada está alargada a toda a cidade de Lisboa, para fins não potáveis, como a rega de espaços verdes e a lavagem de ruas?
Voltar