Pesquisa avançada
Início - Comunicados - Comunicados 2017
 
 
Comunicados 2017
Partilhar

|

Imprimir página
11/06/2018
Pedras Salgadas – Vila Pouca de Aguiar - Verdes Questionam Possível Encerramento do Balcão da CGD
O Deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar Os Verdes, entregou na Assembleia da República uma pergunta em que questiona o Governo, através do Ministério das Finanças sobre a intenção de encerramento da agência bancária da Caixa Geral de Depósitos em Pedras Salgadas, no concelho de Vila Pouca de Aguiar.

Pergunta:

O Grupo Parlamentar de Os Verdes teve conhecimento, da intenção de encerramento da agência bancária da Caixa Geral de Depósitos em Pedras Salgadas, no concelho de Vila Pouca de Aguiar, que de acordo notícias veiculadas tal intenção terá sido confirmada ao Presidente da Câmara do referido Concelho.

O eventual encerramento do balcão da Caixa Geral de Depósitos em Pedras Salgadas será muito prejudicial para a população desta freguesia, mas também para outras seis, dado tratar-se da única agência bancária existente a norte do Concelho.

Esta agência bancária presta um serviço muito importante para estas populações, nomeadamente pensionistas e reformados, pois é aqui que muitos deles levantam as suas pensões, acrescendo que também já lhes foi retirada a estação dos CTT ali existente, e que de alguma forma, poderia substituir este serviço agora também em vias de ser encerrado.

O possível encerramento desta agência bancária, numa zona onde os rendimentos são baixos e a rede de transportes públicos é insuficiente, será muito prejudicial para as populações, que perderão assim mais um serviço público de proximidade, mas também para as micro, pequenas e médias empresas e para a dinâmica do comércio local.

A confirmar-se, o encerramento deste balcão da Caixa Geral de Depósitos significa reduzir a sua atividade, deixando assim espaço para o crescimento da banca privada.
Para além disso o encerramento destes serviços de proximidade é uma causa real para o problema com que o país se confronta de agravamento das assimetrias regionais e de despovoamento do interior do país.

É por isso compreensível e muito legitimo os protestos da população que ao receber tal notícia se mobilizou em protesto contra o encerramento do balcão bancário.

Assim, ao abrigo das disposições legais e regimentais aplicáveis, solicitamos ao senhor Presidente da Assembleia da Republica que remeta ao Governo a presente pergunta, para que o Ministério das Finanças preste os seguintes esclarecimentos:

1.Confirma o Ministério das Finanças a intenção de encerramento da agência bancária da Caixa Geral de Depósitos em Pedras Salgadas?

1. 1. Se sim, quais as razões que motivam a intenção de encerramento a agência bancária da Caixa Geral de Depósitos?

2. Tendo em conta que o encerramento do balcão da CGD em Pedras Salgadas implica que a população tenha que se deslocar à sede do Concelho, Vila Pouca de Aguiar, que dista 6 Km de Pedras Salgadas, foi avaliado o reforço dos transportes coletivos de modo a permitir a acessibilidade das populações a este serviço fundamental?

3. Que impactos foram avaliados nos setores produtivos e no setor económico?

4. Perante o exposto, que diligência pondera o Governo tomar para garantir a manutenção da agência bancária da Caixa Geral de Depósitos em Pedras Salgadas em funcionamento?
Voltar