Pesquisa avançada
Início - Comunicados - Comunicados 2016
 
 
Comunicados 2016
Partilhar

|

Imprimir página
29/12/2016
Preocupação com qualidade do ar em Cantanhede origina pergunta de Os Verdes ao Governo
O Deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar Os Verdes, entregou na Assembleia da República uma pergunta em que questiona o Governo, através do Ministério do Ambiente sobre os maus cheiros provocados por uma empresa que labora na área das resinas instalada recentemente na área industrial da freguesia e concelho de Cantanhede, tendo apenas uma cortina de eucaliptos e pinheiros a separar as áreas residencial e industrial, sem que tal evite os cheiros intensos e insuportáveis, dependendo da direção dos ventos.

Pergunta:

O Partido Ecologista Os Verdes recebeu uma denúncia de moradores relativamente aos maus cheiros provocados por uma empresa que labora na área das resinas instalada recentemente na área industrial da freguesia e concelho de Cantanhede.

Durante a visita ao local, que decorreu no passado dia 10 de novembro, a população afirmou que há dias em que é impossível estar nas suas casas, existindo habitações a menos de duzentos metros desta unidade industrial. Conforme o PEV apurou também junto dos moradores, estes já transmitiram a sua indignação à autarquia local, por esta situação estar a comprometer a sua qualidade de vida.

A unidade fabril, embora esteja inserida na zona industrial, encontra-se próxima da Urbanização Quinta dos Laticínios (Rua Senhora de Vagos) com fogos unifamiliares, tendo apenas uma cortina de eucaliptos e pinheiros a separar estas duas funções, a residencial e a industrial, sem que tal evite os cheiros intensos e insuportáveis, dependendo da direção dos ventos.

Para além de afetar a qualidade de vida dos moradores, esta unidade está a escassos metros do campo de golfe e do parque desportivo, que integra campos de futebol e de ténis, tendo chegado ao conhecimento do PEV que existem atletas de vários escalões que se têm sentido mal devido aos odores intensos que advêm da laboração desta fábrica.

Embora as unidades fabris sejam extremamente importantes para as economias locais, estas têm de laborar em condições em que todos beneficiem, sem comprometer a qualidade de vida dos residentes.

Assim, ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, solicito a S. Exª O Presidente da Assembleia da República que remeta ao Governo a seguinte pergunta, para que o Ministério do Ambiente, possa prestar os seguintes esclarecimentos:

1 – O Ministério do Ambiente já recebeu alguma denúncia sobre a situação descrita por parte da população de Cantanhede?

2- O Ministério do Ambiente tem monitorizado a qualidade do ar na zona industrial de Cantanhede, em particular nas proximidades da unidade industrial que labora na área das resinas?

3- Que medidas irão ser tomadas para que sejam minimizados os impactos da laboração da unidade industrial na qualidade de vida da população e dos atletas que utilizam o parque desportivo?

O Grupo Parlamentar “Os Verdes”
O Gabinete de Imprensa de “Os Verdes”
T: 213919 642 - F: 213917424 – TM: 910 836 123 imprensa.verdes@pev.parlamento.pt) www.osverdes.pt
29 de dezembro de 2016
Voltar