Pesquisa avançada
Início - Ecolojovem - Comunicados
 
 
 
Comunicados
Partilhar

|

Imprimir página
05/06/2018
Reunião da Ecolojovem (02/06/2018)
A Ecolojovem – Os Verdes reuniu a direção nacional no passado dia 2 de Junho, sábado, de modo a discutir questões atuais relacionadas com a juventude e o ambiente.
Ensino Superior
Face às últimas notícias sobre a redução do número de vagas do ensino superior em Lisboa e no Porto a Ecolojovem reitera novamente que esta não é a forma de estimular o interior, é apenas uma forma de elitizar o ensino e tornar o seu acesso mais difícil para a maioria. A Ecolojovem considera que uma das formas de estimular o interior, no imediato, seria diminuir o preço das propinas nas universidades do interior, aumentar as bolsas de ação social e criar uma bolsa para jovens deslocados da sua área de residência.
Educação Sexual
A Ecolojovem terminou a sua campanha da Educação Sexual em Meio Escolar e o balanço que retiramos desta iniciativa é que a Educação Sexual não está a ser implementada nas nossas escolas como deveria estar segundo a legislação. Os jovens não têm acesso a informação ou educação, aumentando o risco de contração de Doenças Sexualmente Transmissíveis, bem como de gravidezes precoces e indesejadas, não tendo direito a uma sexualidade livre e consciente. Por outro lado, a falta de educação sexual não permite desmistificar certos preconceitos existentes na nossa sociedade.
Habitação
Os jovens ecologistas continuam a pugnar para que haja uma democratização do acesso à habitação. As cidades de Lisboa e do Porto estão cada vez mais caras devido ao aumento do turismo e da especulação imobiliária, retirando às pessoas o direito a habitar na sua cidade, sendo empurrados para as periferias, aumentando o trânsito nas deslocações para a cidade, criando complicados problemas de trânsito e de poluição na cidade.
CPCJ
A juventude ecologista preocupada com a carência de técnicos afetos ao CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) corrobora a posição do PEV para que o Governo tome as diligências necessárias com vista à sua resolução.  As crianças e jovens de todo o país em situação de perigo precisam de respostas rápidas e ações concretas e preventivas para que se cumpram os seus direitos consagrados na Constituição da República Portuguesa.
Prospeção petrolífera – Furo de Aljezur
A Ecolojovem manifesta-se contra a exploração petrolífera no Algarve, contra o furo em Aljezur, tendo em conta as graves consequências para o meio ambiente, para os ecossistemas marinhos e terrestres, para a biodiversidade e o impacto que pode gerar na saúde das pessoas e considera grave que a APA tenha dispensado um estudo de impacto ambiental distanciando-se da vontade das populações, negligenciando os impactos que esta atividade pode ter.
Alterações Climáticas
“Os Verdes” e a Ecolojovem assinalam o Dia Mundial do Ambiente, no próximo dia 5 de junho, no Porto, com uma iniciativa dedicada às alterações climáticas, um dos maiores desafios que se coloca à Humanidade e à vida no planeta. A exposição de cartoons, sob o lema “O Clima está em mudança! Toca a mudar também!”, da autoria do arquiteto Telmo Quadros pretende envolver toda a população na exigência de mudança de políticas ambientais.
Paz e Desarmamento
A Ecolojovem – Os Verdes, enquanto membros da plataforma pela Paz e o Desarmamento participa ativamente em iniciativas de solidariedade e de promoção da paz. Participou recentemente nas iniciativas promovidas pelo CPPC (Conselho Português para a Paz e Cooperação) de solidariedade para com a Palestina e o seu povo.
Saúde
Os jovens ecologistas consideram que todos devem ter direito a um médico de família, pela democratização no acesso à saúde. Por isso mesmo, as recentes notícias de que existem cerca de 136 mil crianças e jovens sem médico de família são um retrocesso no direito à saúde. Embora o PEV tenha apresentado um projeto que foi aprovado para que todas as crianças e jovens tenham acesso a médico de família, neste momento, tal não se verifica. Por isso a Ecolojovem defende e pugna para que o Governo tome ação relativamente a esta matéria para que seja cumprido o direito à saúde.
Acampamento Ecolojovem 2018
Este ano o Acampamento da Ecolojovem irá decorrer entre os dias 30 de Agosto e 2 de Setembro em Penacova, Coimbra sob o lema “Incêndios Florestais – Flagelo Nacional” que contará com debates, workshops, atividades culturais, ambientais e de desporto, bem como com o contacto com a Natureza.

02 de Junho de 2018,
Direção Nacional da Ecolojovem – Os Verdes
Voltar